Dois idosos realizando exercicios físicos de levantamento de peso, com os dizeres: Como idosos podem perder peso com saúde?

Como idosos podem perder peso com saúde?

Data de publicação: 25/04/2019 11:00:00
Categoria: Geriatria e Longevidade

Por Dennis Thompson Jr.

Perder peso pode não ser tarefa fácil com o passar dos anos, mas isso não quer dizer que idosos não possam investir em formas saudáveis de reduzir os números na balança.

Um novo estudo sugere que a combinação de musculação e redução do consumo de calorias pode ser uma boa estratégia para fazer as pazes com a balança e a saúde na terceira idade.

Treinamentos de resistência, como a musculação, aliados a uma dieta saudável promoveram a redução de gordura entre os pacientes analisados pela pesquisa, assim como a manutenção da massa muscular magra. O mesmo desempenho não foi notado entre aqueles que apenas realizavam caminhadas como atividade física.

De acordo com a líder da pesquisa, Kristen Beavers, professora assistente de ciências da saúde e exercícios na Universidade Wake Forest, na Carolina do Norte, os estudos indicam que treinos de resistência são mais eficientes para maximizar a perda de gordura e minimizar a perda de massa magra – o que aumenta o risco de incapacidade entre idosos.

O emagrecimento é positivo na terceira idade, sobretudo porque o excesso de peso está relacionado à fragilidade e à dependência na velhice, porém as dietas podem contribuir para a perda de massa muscular e comprometer a mobilidade e a independência.

Como funcionou o experimento?
A pesquisa realizada nos Estados Unidos analisou dados de 149 pessoas com idade média de 67 anos, por um ano e meio.

Divididos em três grupos, todos os participantes adotaram uma dieta, mas apenas dois grupos realizaram exercícios físicos durante esse período. Em quatro dias da semana, um grupo realizou caminhadas rápidas, enquanto o outro fez exercícios de musculação.

Os resultados foram claros: os grupos que realizaram exercícios físicos tiveram mais sucesso na eliminação de gordura. Além disso, o grupo focado em treinamento de resistência perdeu menos massa muscular quando comparado aos outros dois.

A manutenção de massa muscular magra é importante para preservar a mobilidade dos idosos e funciona como garantia caso ocorra ganho de peso ao longo do tempo. Ao perder peso, músculos e ossos também são reduzidos, mas, ao engordar, apenas a gordura aumenta – por isso é preciso preservar as reservas musculares.

De acordo com a nutricionista Stephanie Schiff, o treinamento de resistência contribui para manter, ou mesmo aumentar, a massa corporal magra. “A perda de peso devido à dieta elimina não apenas a massa gorda, mas causa perda de massa muscular magra também. Isso pode resultar em uma perda de força e uma possível diminuição no metabolismo", afirma Schiff.

Para manter a massa muscular, a nutricionista recomenda uma alimentação saudável, com quantidade adequada de proteína e musculação para evitar perda muscular. Quanto à melhor forma de dieta, a sugestão é o corte de calorias.

“Uma boa dieta promove satisfação ao incluir muitos legumes e frutas, que são ótimas fontes de fibra. Além disso, é ideal optar por gorduras saudáveis e não incluir muito açúcar refinado ou grãos refinados na alimentação. Também é importante observar a quantidade ideal de proteínas para poupar os músculos”, explica.

Fonte:

Tradutora e redatora: Daniela Souza
Revisora: Paula Ávila
Designer: Raphael Alpoim
Diretor técnico: Geraldo Majella

  • Gostou? Compartilhe: